Você já parou para pensar no quanto a automação na indústria automobilística vem para acrescentar? Devido ao grande avanço tecnológico, diversos setores da indústria de automóveis têm demonstrado preocupação com as inovações, as quais podem acabar afetando a produção dos veículos.

Seja para reduzir os custos, seja para melhorar a eficiência na produção, é comum que as máquinas ocupem cada vez mais espaço nas fábricas. Diferentemente do que muitos pensam, a substituição de mão de obra humana não apenas melhora o rendimento na produção, assim como permite que o colaborador atue em outros setores onde possa crescer na carreira, além de reduzir o risco de possíveis acidentes.

Os softwares robôs surgem, nesse cenário, como uma excelente opção para que as indústrias melhorem a produtividade e a qualidade dos automóveis. Quer mais saber mais sobre a automação na indústria automobilística? Então continue acompanhando! Boa leitura!

Quais são as principais tendências da automação na indústria automobilística?

São várias as tendências da automação na indústria automobilística. Conheça as principais a seguir!

Uso de RPA

Várias companhias do setor automobilístico passaram a contar com a automação da tecnologia RPA. Por meio do uso dessa tecnologia, as máquinas inteligentes podem ficar responsáveis pelas atividades repetitivas, como preenchimento de dados em sistemas e planilhas, envio de e-mails e até a melhora da comunicação com clientes e fornecedores.

O uso do RPA, na área automobilística, pode ser aplicado nessas tarefas administrativas que citamos acima e também em softwares de controle de estoque, por exemplo. Tal decisão é um grande benefício para os próprios colaboradores que, em muitos casos, precisavam lidar com tarefas perigosas, como soldagem de veículos, ou com tarefas improdutivas, como o preenchimento de dados.

Por isso, o empreendedor pode contar com os colaboradores para desempenhar funções mais estratégicas ou que exigem um contato mais humano dentro da indústria, como o atendimento ao cliente, por exemplo.

Aumento de robôs

Há alguns anos, a tecnologia era bem defasada, logo, as montadoras tinham que contar com um grande número de funcionários para fazer a montagem dos automóveis. Aproximadamente 80 colaboradores eram necessários para cuidar da produção de mil veículos.

No entanto, com o desenvolvimento de soluções novas, o custo para comprar os equipamentos reduziu muito, permitindo que as empresas tivessem condições de fazer o investimento em grandes máquinas.

Com uma presença bem maior dos robôs na produção dos veículos, a quantidade necessária de funcionários diminuiu para menos da metade. O avanço tecnológico não só permitiu o crescimento do processamento, como também acabou tornando o custo bem mais acessível, desde o uso pessoal até para as empresas.

Desse modo, as indústrias aproveitaram a queda de custo para realizar grandes investimentos em máquinas, com o objetivo de aumentar a capacidade de produção.

Internet das Coisas (IoT)

Outro ponto em que a automação tem sido bem frequente é no uso de microcomputadores e sensores para a fabricação de veículos. Seguindo o modelo de IoT, no qual os objetos comuns do dia a dia são conectados entre si por meio da Internet, os automóveis passam a contar com sensores inteligentes a fim de interagir com o condutor de maneira extremamente eficiente.

No setor automobilístico, a tecnologia tem como propósito coletar os inúmeros dados do próprio automóvel para que o software possa mostrar ao motorista algumas informações, como a hora certa para fazer a troca de óleo, por exemplo.

Para aprimorar ainda mais a eficiência, alguns veículos inteligentes contam com uma base de dados na nuvem, permitindo a troca de dados sobre as condições do próprio automóvel entre fabricante, motorista e concessionária. O contato é importante para informar ao proprietário do veículo o mais rápido possível a respeito de um recall para fazer trocas de peças, por exemplo.

Testes automatizados

A quantidade de diferentes tecnologias que fazem parte dos departamentos de TI está crescendo cada vez mais. Na área automotiva, o aumento das equipes acompanha tais tecnologias, mas os orçamentos acabam ficando os mesmos em grande parte dos casos.

Com isso, a automação de testes vem ganhando espaço com os especialistas, que destacam uma diminuição nos custos operacionais e erros manuais, além, é claro, de aprimorar a eficiência dos processos, a partir de uma validação automatizada e bem rigorosa, baseada na inteligência da equipe que desenvolve os projetos.

A automação de testes é uma maneira de ampliar e de acompanhar a produtividade, reduzir custos e conquistar níveis de entrega em outra ordem de grandeza quando se compara aos processos manuais de testes.

Quais são os principais benefícios da automação na indústria automobilística?

Conheça algumas vantagens da automação na indústria de automóveis a seguir!

Redução de custos operacionais

As empresas automobilísticas, a partir do uso de equipamentos, especialmente focados na tecnologia de automação, percebem uma redução grande de água e de energia para cada automóvel que sai da sua linha de produção.

Além do aumento da velocidade nas montagens, muitas fabricantes, como a Toyota, Fiat e Nissan, afirmam que, graças ao uso de inovações, o tempo para desenvolver um automóvel caiu muito, sendo possível produzir uma quantidade bem maior em menos tempo.

Como o acesso aos dados é disponível de forma digital, as equipes podem fazer testes e pesquisas em um ambiente virtual. Dessa forma, reduz-se o uso de materiais físicos para a montagem de protótipos e diminui-se ainda mais os custos da indústria.

Menor índice de erros

Uma consequência direta da redução do trabalho manual na linha de produção é o menor índice de erros. Por mais treinada que seja uma equipe de colaboradores, erros humanos são inevitáveis e acontecem por razões diversas. Ao inserir as tarefas a cargo de uma célula robótica, a probabilidade de elas não serem feitas como desejado é muito menor do que quando se compara a um trabalho humano.

Maior segurança

Ao mesmo tempo em que se reduzem os custos com pagamentos, contar com menos funcionários significa que menos pessoas vão estar sujeitas a acidentes. Além disso, as máquinas automatizadas possuem operação segura, diminuindo a quantidade de tarefas perigosas que devem ser feitas, lembrando, é claro, que a empresa deve cumprir as normas de segurança para garantir isso.

Qual a importância da inovação para uma empresa?

Fazer um ótimo planejamento para aplicar a automação na indústria traz várias vantagens a curto e longo prazo. Ter um retorno financeiro bem mais rápido e melhorar a produção, por exemplo, são alguns objetivos de toda organização que deseja crescer no mercado. Claro que isso pode ser conquistado ao se oferecer um serviço rápido, preciso e de qualidade, sempre demonstrando grande interesse em satisfazer os clientes.

Como você pode ver, o uso de tecnologias tem mostrado melhorias incríveis na montagem de veículos. Ao usar tecnologias como o RPA, as indústrias contam com um atendimento melhor nas tarefas, garantindo a redução de custos nas operações. Sem dúvidas, a automação na indústria automobilística é a melhor solução para aqueles que desejam crescer e aprimorar a sua produção!

Gostou do texto sobre a automação na indústria automobilística? Ficou com alguma dúvida ou gostaria de acrescentar algo? Então deixe o seu comentário e compartilhe sua ideia conosco!